Eles querem mais

Jovens de classe alta e média urbana. Crítica, insatisfações e contestações radicais contra os valores ocidentais. Ânsia por uma revolução cultural e sensorial. Espírito anárquico. Esses são alguns dos pontos principais do momento que vai do final dos anos 50 ao início dos anos 70, rotulado pela imprensa com um nome de vigor expressivo: contracultura.

Caia fora do sistema

Esse movimento com caráter libertário era catalisador e questionador, inaugurando um novo estilo, uma nova cultura underground e marginal que proporcionava o pensamento. Essa juventude colocava em xeque os valores da cultura Ocidental, e queriam literalmente causar, provocar mudanças na maneira de agir dessa sociedade, caracterizada fortemente pelos seguintes aspectos: a indústria, a massa, o consumo, a repressão e a alienação. A racionalidade científica,  um dos pilares dessa época,  incomodava aos grupos revolucionários, eles valorizavam a percepção sensorial, a cultura oriental, o olhar das minorias. Queriam cair fora do sistema, não estavam nem um pouco satisfeitos com as “regras” impostas pela modernidade.

A contracultura foi um movimento de expressão, que reuniu o pensamento de vários intelectuais, atraiu a mídia, teve como intérprete principal a visão juvenil, implacou o rock e o estilo de vida paz e amor,  trouxe valores e novas ideologias para tempos em que a quebra dos valores tradicionais significaria uma revolução e tanto.

Anúncios

3 respostas para Eles querem mais

  1. thaisspacheco disse:

    ai Ju q bom q vc resolveu o nome e tudo o mais.
    Adorei o esclarecimento desse post.
    E tenho, lógico, q comentar sobre a escolha da música do post passado: ADORO!

    =)

    boa sorte!
    pra vc e pra nós q estamos lutando pra conseguir fazer essa matéria!!aushuah

  2. veronica disse:

    ei ju! 🙂
    achei bem legal a sua escolha. falar de um assunto incomum pode não ser fácil, mas com certeza é uma coisa muito interessante!
    ;*

  3. […] Em um post específico, ela fez uma análise geral do que foi esse movimento, marcado pelo rock e pelo questionamento das regras da sociedade. Leia direto clicando AQUI. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: