“Jornal difamador, Folheto injurioso”

Esses são alguns dos adjetivos atribuídos pelo próprio Jaguar, um dos criadores do jornal Pasquim. É interessante saber curiosidades sobre esse tablóide. Com participações de peso, criatividade, críticas à ditadura militar no Brasil, descompromisso com o formalismo, inteligência e muito bom humor, esse jornal marcou época. Surgiu no fim dos anos 60, início dos anos 70, e priorizava a princípio uma publicação comportamental, ligada ao divórcio, sexos, drogas, dentre outros. A medida que a repressão da ditadura aumentava, o Pasquim se tornou mais politizado.

p10b

Outro link relacionado: Resumo do bem humorado jornal

Anúncios

2 Responses to “Jornal difamador, Folheto injurioso”

  1. Patrícia disse:

    Adoro esses desenhos propositalmente mal feitos. Transgressores.

  2. proproibido disse:

    Depois posta mais sobre “O Pasquim” Ju!

    super interessante esse tema!
    beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: